pilates para pessoa com deficiencia

Pilates para pessoas com deficiência: 7 maiores benefícios de praticar

Os exercícios são muito importantes para o corpo, pois ajudam a aliviar dores, trazem conforto e contribuem para a saúde. A prática do Pilates para pessoas com deficiência pode trazer diversos benefícios, tanto para os aspectos sociais quanto para uma vivência mais saudável.

Talvez você tenha dúvidas se é possível fazer essa atividade e como o exercício pode ser adaptado de acordo com as limitações de cada um. Por isso, é interessante entender o seu funcionamento, as adaptações possíveis e os benefícios que proporciona para o praticante.

Neste artigo, vamos entender como funciona o Pilates para pessoas com deficiência. Além disso, mostraremos 7 benefícios que ele oferece. Confira conosco!

Entenda como funciona o Pilates para pessoas com deficiência

A principal dúvida para quem pretende fazer Pilates é se esse exercício realmente é apropriado para a pessoa com deficiência. A boa notícia é que o método possibilita que qualquer interessado possa participar, já que os exercícios são diferenciados e podem ser feitos por qualquer aluno, e de acordo com as suas possibilidades.

As aulas são individualizadas, pois precisam ser adaptadas às necessidades de cada pessoa. O profissional é capaz de considerar os limites do aluno e oferecer exercícios que são praticáveis em cada situação, sem colocar a saúde em risco.

Portanto, não existe um procedimento padrão no Pilates para pessoas com deficiência. Antes do começo das sessões, os profissionais devem fazer uma boa análise das condições dos alunos, elaborando um plano especial para cada aula. O ideal é que os exercícios trabalhem com algumas debilidades e aperfeiçoem os movimentos mais naturais.

Além disso, a aprovação e liberação médica do praticante é fundamental para a prática. É importante que o profissional faça o acompanhamento do aluno com relação a exames, como raio-X, ressonância magnética, entre outros. Desse modo, as aulas serão aproveitadas da melhor maneira, trabalhando nos pontos de mais necessidade, sem riscos para o praticante.

Confira os principais benefícios que o pilates para pessoas com deficiência oferece

Agora que já entendemos como o Pilates pode ser praticado pela pessoa com deficiência, vamos conhecer os 7 principais benefícios que ele oferece. Acompanhe!

1. Fortalecimento do corpo

O fortalecimento do corpo talvez seja um dos principais benefícios que o Pilates oferece para a pessoa com deficiência. Com os exercícios praticados, a pessoa adquire mais força em determinadas regiões, o que contribui para a sua autonomia, melhora a realização de atividades cotidianas e diminui dores.

As atividades ajudam a lidar justamente com o que é mais importante para o aluno: suas limitações. Se, de um modo geral, o método fortifica todo o corpo do praticante, nesses casos específicos, ele fortalece a musculatura ativa para compensar a deficiência.

2. Melhoria da coordenação motora

A prática constante de exercícios durante as sessões contribui para a melhoria da coordenação motora. O praticante consegue controlar melhor os membros que são estimulados pelos profissionais, refinando o seu domínio sobre essas atividades e trazendo autonomia para o cotidiano.

Sendo assim, o aluno consegue realizar atividades que antes eram mais difíceis com maior domínio sobre os seus movimentos. A coordenação motora também é importante para os momentos de interação social, dando mais tranquilidade e segurança para a pessoa.

3. Flexibilidade

Outro benefício está relacionado à flexibilidade. Os movimentos realizados durante o Pilates proporcionam um alongamento e fortalecimento que podem parecer simples, mas agem no corpo de forma integrada e individualizada.

Sendo assim, o corpo do praticante se torna mais flexível, essencial para quem sofre com alguma deficiência de locomoção. Desse modo, a pessoa se torna preparada para algumas atividades cotidianas, sofrendo menos ao fazer esforço.

4. Postura e equilíbrio

Muitas vezes, por não poder se locomover ou ter autonomia, a pessoa com deficiência sofre de problemas posturais. A postura errada ainda traz dores nas costas e outros incômodos.

Por isso, o Pilates se preocupa com esse aspecto, melhorando a postura do praticante e diminuindo a possibilidade de novos desvios posturais e de coluna.

Além disso, os exercícios de equilíbrio ajudam a trazer estabilidade e contribuem nas capacidades cognitivas e motoras. Desse modo, são trabalhados aspectos como a concentração, coordenação e controle do corpo, proporcionando estímulos mentais e físicos importantes para o praticante.

5. Motivação

Além dos fatores físicos, o Pilates também oferece benefícios para o lado emocional e motivacional dos praticantes. Ao ter a responsabilidade e a possibilidade de realizar os exercícios, a pessoa com deficiência também tem mais motivação para outras atividades cotidianas.

Sendo assim, essa atividade também funciona como uma terapia, levando pessoas que se sentiam limitadas e desmotivadas a uma oportunidade de superação. Os benefícios físicos que ela oferece apresentam um novo mundo de possibilidades e uma vida saudável, trabalhando o aspecto psicológico e promovendo melhor qualidade de vida.

6. Bem-estar

O exercício traz muitos benefícios para a saúde de qualquer pessoa que o realize, pois libera substâncias como a endorfina, que produz o bem-estar. Desse modo, quem coloca o Pilates em sua rotina também é beneficiado com essa sensação.

Sendo assim, é normal que o praticante se sinta disposto para realizar diversas atividades, desde as mais simples do cotidiano. O bem-estar também contribui para a melhora de humor e traz vantagens para o relacionamento interpessoal.

7. Autoestima

O exercício não é importante apenas para a parte motora do seu corpo, mas também para a sua autoestima. A realização das atividades, ainda que com ajuda do profissional em alguns momentos, traz o sentimento de poder cuidar da própria saúde. Isso também pode contribuir para a inserção no mercado de trabalho.

Com os músculos fortalecidos por meio dos exercícios, é possível ter autonomia para realizar algumas atividades cotidianas. Esse é um fator muito importante para a socialização, o que também contribui para aumentar a autoestima do aluno.

Neste artigo, mostramos o funcionamento e os principais benefícios do Pilates para pessoas com deficiência. Essa é uma atividade que contribui física e psicologicamente para quem a pratica, portanto, é uma ótima forma de proteger a saúde. Lembre-se de sempre procurar bons profissionais que garantam a segurança das atividades e otimizem os resultados.

Gostou de conhecer mais sobre este assunto? Então, aproveite para ler outro artigo que apresenta 5 formas de evitar dores articulares!

Receba nossos conteúdos por e-mail e amplie seus horizontes!

É só cadastrar seu e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.