fbpx
bocha paralímpica esporte adaptado

Bocha Paralímpica: conheça o esporte e saiba como jogar!

A bocha paralímpica é uma das 24 modalidades disputadas nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 e é exclusiva dos jogos paralímpicos, ou seja, ela não faz parte dos esportes olímpicos para pessoas sem deficiência.

Para jogar, o atleta utiliza uma quadra de piso liso e marcações específicas, seis bolas vermelhas, seis bolas azuis e uma bola branca. O objetivo principal do jogo é jogar as bolas coloridas o mais perto possível da bola branca.

Qualquer pessoa que utilize cadeira de rodas pode praticar a modalidade. A bocha é um dos poucos esportes em que homens e mulheres podem competir juntos e pode ser praticado de forma recreativa, competitiva e até como atividade física educativa, se tornando um dos esportes mais inclusivos da competição. 

Quer saber mais sobre essa modalidade paralímpica ? Segue a leitura!

História da Bocha Paralímpica

Ainda não é consenso de onde surgiu a bocha em sua versão não adaptada. A maior referência ao esporte na história é de que a modalidade tenha surgido como uma versão em quadra fechada do boliche italiano de grama.

Já outros dados apontam para que a bocha tenha suas origens na França, devido a sua semelhança com o jogo francês Petanque, popularizado por volta de 1910 em LA Ciotat, próximo à Marselha. 

Porém, a versão adaptada da bocha só passa a ser praticada a partir de 1970, quando países nórdicos resgataram a modalidade e a adaptaram para que pessoas com paralisia cerebral pudessem praticar o esporte.

Inicialmente, apenas pessoas com grau muito elevado de comprometimento motor por conta da paralisia cerebral (cuja os quatro membros fossem afetados e o uso de cadeira de rodas seja indispensável).

Nos dias atuais, a modalidade abrange outros tipos de deficiência, desde que sejam similares à paralisia cerebral, como a tetraplegia, Distrofia Muscular Progressiva, AVC ou outro dano cerebral com função motora progressiva. Além disso, a modalidade pode ser jogada independente do sexo ou da idade, de forma esportiva ou recreativa.

O que é Bocha Paralímpica?

A bocha paralímpica é jogada em uma quadra lisa e retangular e 13 bolas, sendo seis na cor vermelha, seis na cor azul e uma bola branca, chamada de Jack. O objetivo do jogo é deixar as bolas coloridas o mais próximo possível da bola Jack.

É possível utilizar os pés, as mãos ou instrumentos de auxílio para que os atletas possam manipular as bolas. Além disso, os jogadores contam também com a ajuda de calheiros, cuja função é operar as calhas de lançamento das bolas, de acordo com o desejo do usuário.

Quadra da bocha paralímpica

A quadra da bocha deve ser plana, lisa e retangular. Pode ser feita de madeira, cimento ou outro material sintético e deve ter 12,2 metros de comprimento, por 6 metros de largura. 

A zona de lançamento é dividida em seis boxes, numerados de 1 a 6, onde ficam os jogadores. Já dentro da área de jogo, há uma marcação de linha em “V” que serve para delimitar o limite mínimo da bola Jack.

Em outras palavras, para que o lançamento da bola branca seja considerado válido, ele precisa ultrapassar a marcação em “V”. O ponto central da área de jogo é marcado por um “X”, onde a bola mestra é colocada no início de cada parcial extra ou quando for colocada para fora do campo.

Equipamentos da bocha paralímpica

As bolas, tanto as coloridas, quanto a branca, são confeccionadas de material sintético expandido e couro. O tamanho da bola é menor do que o da bola de bocha convencional, além de ser mais leve também, pesando apenas 280 gramas.

Para os atletas que não conseguem dar uma boa propulsão à bola, pode-se utilizar uma calha, rampa ou canaleta, desde que não possua nenhum tipo de freio. Também é permitido o uso de ponteiras ou agulhas, fixadas na cabeça do jogador, para auxiliar no manejo da bola.

Classificações da bocha paralímpica

BC3: São os atletas que possuem comprometimento severo dos quatro membros. Nesses casos, o atleta tem direito ao uso da calha e o auxílio do calheiro. 

BC1: Essa categoria é destinada à atletas com paralisia cerebral que podem jogar com os pés e/ou as mãos. Os atletas BC1 tem direito também a um auxiliar, mas apenas para entregar a bola ao jogador.

BC2 e BC4: Atletas destas duas categorias não podem receber qualquer ajuda externa. Nestes casos, geralmente é adaptado à cadeira, um cesto para colocar as bolas para arremessar.

Categorias da bocha paralímpica

Os jogos podem ser disputados individualmente, em pares ou equipes. As equipes também podem ser mistas, onde homens e mulheres competem juntos, sem a necessidade de criar categorias específicas para ambos (feminina e masculina).

As categorias são classificadas em:

  • Individual BC1
  • Individual BC2
  • Individual BC3
  • Individual BC4
  • Pares BC3: dois jogadores, somente pertencentes à classe BC3.
  • Pares BC4: dois jogadores, somente pertencentes à classe BC4:
  • Equipe: Jogadores pertencentes às classes BC1 e BC2.

Modalidades:

  • Jogos individuais e de pares: Nestas modalidades, a partida é composta por quatro parciais e em caso de empate, uma quinta parcial pode ser disputada, chamada de tiebreak.  Nas partidas de duplas cada jogador terá direito a três bolas vermelhas ou azuis para realizar as jogadas.
    Nos jogos individuais, os jogadores devem ocupar os boxes 3 e 4, sendo o boxe 3 reservado para o jogador visitante  (que fica com a cor azul) e o 4 reservado para o jogador local (que fica com a cor vermelha). Já na modalidade de pares, os jogadores locais ocupam os boxes 2 e 4, enquanto os jogadores visitantes os boxes 3 e 5.
  • Jogos de equipe: Já nos jogos de equipe, a partida será composta de seis parciais e uma parcial tiebreak caso seja necessário o desempate. Nos jogos de equipe, cada jogador recebe duas bolas, vermelhas ou azuis para executar as suas jogadas
    Nos jogos de equipe, os jogadores locais ficam com os lugares 1, 3 e 5, enquanto os jogadores locais ficam com as posições 2,4 e 6.
    No início da partida, o árbitro deve sortear um time para escolher a cor das bolas. O time que ficar com as bolas de cor vermelha, tem o direito de começar a partida jogando a bola branca.
    Em caso de empate, o tiebreak será disputado com a bola na marcação em “X” no centro da quadra. O jogo acaba quando as bolas de ambos os times acabam ou quando o tempo da partida se esgota.  Cada parcial tem duração de 5 a 8 minutos, de acordo com a categoria do atleta.
    A pontuação é marcada de acordo com a proximidade das bolas coloridas da bola Jack, em relação às bolas do adversário. Em outras palavras, em uma situação em que uma bola azul estiver a 3 centímetros da bola Jack, enquanto a vermelha estiver a 3,5 cm da mesma, o ponto é da bola azul, pois em relação à vermelha, ela está mais próxima da bola branca.
    Cada bola colorida que fica mais próxima da bola branca recebe um ponto (por bola). Desse modo, vence o jogador que tiver maior pontuação ao final de cada parcial.

Histórico da Bocha nas Paralimpíadas

A bocha passou a ser um esporte paralímpico nos jogos de Barcelona, na Espanha em 1992, no mesmo ano em que o ciclismo de rua e o tênis de campo foram incluídas como modalidades paralímpicas.

As primeiras modalidades brasileiras foram conquistadas em 2008, nos jogos de Pequim, na China, onde os brasileiros conseguiram duas medalhas de ouro e 1 de bronze. Até o momento, o Brasil está em sua décima medalha na modalidade. São elas:

Paralimpíadas de Pequim, 2008Paralimpíadas de Londres, 2012Paralimpíadas do Rio, 2016
2 ouros e 1 bronze3 ouros e 1 bronze1 ouro e 1 prata

Tóquio 2020

Este ano o Brasil bateu recorde de atletas na modalidade, com 11 competidores. Os primeiros jogos da bocha estão marcados para o dia 28 e 29 de agosto tanto nas categorias individuais, quanto mistas.

A bocha é uma das expectativas brasileiras para o pódio desde ano, tendo Evelyn Oliveira e Evani Calado medalhistas de ouro nas Paralimpíadas do Rio em 2016 como principal destaque da equipe, além, é claro de Eliseu e Marcelo dos Santos, medalhistas de prata, também no Rio em 2016.

Conheça os atletas que vão competir na Bocha em Tóquio 2020:

Categorias BC1:

Guilherme Moraes

Andreza de Oliveira 

José Carlos Chagas 

Categoria BC2: 

Maciel Souza 

Natalí Faria 

Categoria BC3:

Evelyn Oliveira

Evani Calado

Matheus Carvalho 

Categoria BC4:

Ercileide Silva BC4

Eliseu dos Santos BC4

Marcelo dos Santos BC4

Agora que você já sabe tudo sobre a bocha, não deixe de torcer para os nossos paratletas! E se você gostou do conteúdo e quer saber mais sobre os Jogos Paralímpicos, as modalidades da competição e os resultados dos jogos, continue navegando por aqui!

Receba nossos conteúdos por e-mail e amplie seus horizontes!

É só cadastrar seu e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.