História de Sucesso: Lois Mery de Oliveira Forte

Lois Mery de Oliveira Forte mora em Curitiba (PR), uma jovem de 19 anos, estudante, que se tornou cliente Freedom em 2015. Ela nasceu com hidrocefalia e mielomeningocele, que a levou ter a necessidade de utilizar cadeiras de rodas para se locomover e alcançar a mobilidade. Mas essa história precisa ser melhor contada.

História de Lois Mery

Lois Mery é uma de nossas clientes e topou divulgar sua história de vida, e como a cadeira de rodas Freedom mudou a rotina e seu crescimento. Em uma conversa por telefone, a mãe, Vivian Carla, compartilhou conosco um pouco de como foi o desenvolvimento de Lois.

Lois Mery nasceu com mielomeningocele, uma malformação congênita da coluna vertebral da criança, em que as meninges, a medula e alguns nervos nascem expostos nas costas do bebê. O comprometimento neurológico neste caso, é comum, que inclui alguns sinais e sintomas como fraqueza muscular das pernas, e às vezes envolvem paralisia, além de hidrocefalia. A hidrocefalia é o acúmulo excessivo de líquido dentro do crânio levando ao inchaço cerebral, além de, em alguns casos, impedir que esse líquido flua normalmente pelo cérebro e pela medula espinhal.

A vida da jovem não foi fácil. Com 7 anos de idade ela passou a utilizar cadeira de rodas manual, que era recebida através de doações a cada dois anos. Mas como ela era pequena, a cadeira passou a se tornar um equipamento muito pesado para que ela mesma pudesse mover. Desde então, passou a depender de outras pessoas para que a ajudasse na locomoção em certos lugares. “O bracinho dela doía, porque ela estudava, ia para escola, fazia muita força. Ninguém ficava com ela, ninguém empurrava ela, então ela se acuava”, conta Vivian.

Por conta da necessidade do auxílio de outras pessoas, a menina tinha dificuldade de se relacionar e fazer amizades, pois ninguém se disponibilizava à empurrá-la.

Mas em 2015, a realidade de Lois Mery mudou. Em um acontecimento nada comum, a cadeira de rodas motorizada Freedom passou a fazer parte da vida dela. “Foi uma história muito bonita que aconteceu na vida da gente”, comenta a mãe.

Na época, o desejo pela facilidade que cadeiras de rodas motorizadas proporcionavam, crescia em Lois. “Um dia antes de acontecer um milagre na nossa vida, ela chegou para mim e disse, ‘quando que a mãe e o pai vão poder me dar uma cadeira?’, eu respondi ‘filha, quando Deus nos abençoar, nos der uma benção’, e ela chorou muito”, conta a mãe.

A menina, desde muito tempo, desejava uma cadeira de rodas motorizada. Ela acreditava que, se passasse a usar o equipamento, poderia ter mais autonomia no dia-a-dia e melhorar seu relacionamento com outras pessoas. E o mais importante, alcançar a independência.

Mudança de vida

Em um certo dia, Vivian recebe a visita de um homem desconhecido, juntamente com a vice diretora da escola onde a menina estudava. Ele estava disposto a presentear Lois Mery com uma cadeira de rodas motorizada. O homem havia feito uma promessa que, caso ganhasse certo processo judicial, presentearia alguém com algo que necessitasse muito. “Esse rapaz falou para mim, que queria dar um presente para minha filha”, conta a mãe.

Ele havia avistado Lois sendo ajudada pelo irmão ao voltar da escola, e procurou saber quem era aquela menina. Através do uniforme, reconheceu onde ela estudava e foi até lá para procurar informações.

Foi então que entrou em contato com a família, contou o porquê daquela ação tão inesperada e prometeu o presente. Lois Mery chorou de alegria. Contou-lhe que a cadeira de rodas motorizada era seu sonho desde muito tempo. “Ele deu esperança para minha filha. Só que a gente não acreditou. Quem vem na porta da tua casa e oferece um presente desses? De repente passa uma semana, duas semanas, e você fica na expectativa”, relata a mãe.

Devido ao suposto sumiço do homem, a família resolve ir até a escola e conversar seriamente com a vice diretora sobre o acontecido. No mesmo dia ele liga para Vivian Carla, e diz para que não se preocupasse, pois iria cumprir a promessa de presentear Lois Mery com uma cadeira de rodas motorizada Freedom. Foi então que, depois de mais uma semana, o tão esperado presente chegou.

A partir daí, muita coisa mudou na vida de Lois. Antes de começar a usar cadeira de rodas motorizada, ela vivia acuada, pois não conseguia estabelecer relacionamentos fortes e conviver igualmente com outras pessoas.

Com a cadeira de rodas motorizada, ela se tornou mais independente, passou a se relacionar com outras pessoas, fazer amizades e sair para diferentes lugares sem a ajuda de outra pessoa. “Agora ela tem amigos, ela é independente, ela sai para passear. A vida dela mudou muito, muito mesmo. A cadeira foi um milagre que aconteceu na vida da gente. Uma menina que era triste, calada, isso mudou”, conta a mãe.

O que esperar do futuro?

“A cadeira mudou a vida dela e a nossa”

Lois Mery, uma jovem cheia de vida e com um mundo inteiro a desvendar, é prova de que nunca devemos perder a esperança de alcançar uma realidade melhor. O desenvolvimento humano não pode ser motivo para excluir indivíduos do contato social.

A deficiência física não foi motivo para que Lois Mery deixasse de seguir suas vontades e ter lazer. Quando estudava na Associação Paranaense de Reabilitação (APR), uma entidade beneficiente que atende crianças e adolescentes com deficiência físico motoras, além de outros diagnósticos, ela participou de eventos esportivos para pessoas com deficiência física e foi vencedora de corridas e ganhadora de medalhas.

Hoje, ela estuda na Escola Estadual Tatuquara, de Curitiba, e pretende cursar veterinária. Adora passar o tempo nas redes sociais e mexer no celular. Além de curtir o tempo livre em passeios pelo shopping junto das amigas, ou em parques e cinemas.

Agora, ela pode desfrutar da juventude assim como qualquer outra menina da sua idade e aproveitar o prazer que é crescer, sem temer. Ela foi contemplada por uma cadeira de rodas motorizada Freedom, que lhe proporcionou liberdade para ir onde quiser, independência para fazer o que quiser sem depender de terceiros, maior convivência com familiares e amigos, e mais alegria de viver para seguir almejando seus sonhos. “Começou a fazer amizades. Não está dependendo de mais ninguém. Ela sai, vai para escola sozinha, anda pelo bairro sozinha. A vida dela mudou totalmente depois que ganhou a cadeira”, finaliza Vivian Carla.


1 comentário sobre “História de Sucesso: Lois Mery de Oliveira Forte”

Deixe um comentário sobre este conteúdo. O que você achou?